OUTUBRO ROSA

HISTÓRIA

Em 1998 uma família em uma pequena cidade nos Estados Unidos estava completando, no mês de outubro, 1 ano que a filha de 32 anos havia morrido de câncer de mama e a forma que eles fizeram para homenageá-la foi iluminando com um luz rosa um monumento dessa cidade. Essa imagem foi bastante impactante nos Estados Unidos. A partir desse momento nasceu à ideia de iluminar monumentos de rosa durante o mês de outubro como alerta a sociedade sobre a problemática do câncer de mama. Em 2002 a Fundação Maria Carvalho Santos realizou o “I Encontro Brasileiro das Instituições de Saúde da Mama” reunindo representantes de 26 estados.
Esse evento dois anos depois resultou na criação da FEMAMA (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde a Mama). A principal ONG do mundo Susan G. Komen Breast Cancer Foundation visitou o Brasil via Teresina pela primeira vez em 2002 e pegou a ideia da iluminação e começou a difundir nos Estados Unidos.
Em outubro de 2006 a Fundação Maria Carvalho Santos procurou o frei para iluminar de rosa a Igreja São Benedito, mas não teve êxito e então ocorreu o abraço rosa, 50 pessoas abraçando a Igreja São Benedito. Esse foi o primeiro Outubro Rosa de Teresina. Como a FEMAMA já havia sido fundada, ela começou a iluminar os monumentos de rosa no país. A partir daí a Igreja São Benedito pode também ser iluminada. Essas iluminações teve uma repercussão enorme e todo ano no mês de outubro muitos monumentos em todo Brasil são iluminados de rosa.

ANÁLISE E JUSTIFICATIVA

Segundo dados da Agência Internacional para a Pesquisa do Câncer, o câncer de mama é o tipo de câncer mais comum e o que mais mata mulheres em todo o mundo. Esse é o segundo tipo de tumor maligno mais incidente entre as brasileiras, atrás apenas do câncer não melanoma.
Quanto mais cedo o câncer é identificado maiores são as chances de cura. Desde sua principal edição no Piauí, o Outubro Rosa tem como foco principal a difusão da informação, garantir o acesso e a qualidade das mamografias, reduzir o tempo entre o diagnóstico e o início do tratamento e unir esforços em prol de uma política nacional contra o câncer de mama envolvendo o governo, classe médica e população em geral.
O interesse do Outubro Rosa é levantar uma discussão sobre o compromisso que a mulher tem que ter com a sua saúde e o gestor de saúde com a capacidade que tem que ser funcional. Em Teresina, a Fundação Maria carvalho Santos realiza o Outubro Rosa agregando outros valores: oferecendo 1200 mamografias para toda mulher de 40 a 60 anos que não tenha tido condições de fazer.
Todos os anos fazemos esses exames, examinamos as mulheres, fazemos biópsia, damos o diagnóstico e encaminhamos para o tratamento. Promovemos também outras ações como palestras educativas, caminhada e corrida Rosa. O compromisso maior do Outubro Rosa não é só promover o diagnóstico precoce e sim promover a prevenção. Agora o controle não é só do câncer de mama e sim do câncer.
Vivemos em um mundo contaminado que proporcionou um aumento do câncer em todas as áreas. Em 2029 o câncer será a doença mais frequente.

EDIÇÕES

OUTUBRO ROSA
EDIÇÃO 2018

REDES SOCIAIS
CONTATO

Fixo: (86)3221-8944
Celular: (86)99451-8447

NOSSA SEDE

R. São Pedro, 3113, Frei Serafim
CEP: 64001-260, Teresina - PI